domingo, 27 de junho de 2010






















Sabiá
Já mostrou seu canto
Enfrentou o cantor
Do boi da Pindoba
Êh boi
Chegou prenda do Rosário
Beirada nunca viu tanto brilho e clarim

Chiador levantou Maioba
Chão tremer quem fez
Foi Maracanã
Êh boi chegou
Batalhão da mata
Enfrentou o contrário do cordão
Êh boi

Zé de França Pereira viu
Esse boi tão pequeno chegar
Madre Deus de São Pedro fez
Esse boi chorar
Levanta boi e vai
Que é pro amo ver
Que boi também chora
Também sente dor
E boi também chora























Pisa na fulô, pisa na fulô,
Pisa na fulô,
Não maltrata o meu amor

Eu vi menina que nem tinha doze anos
Agarrar seu par e também sair dançando
Sastifeita, dizendo: "Meu amor,
Ai, como é gostoso
Pisa na fulô".

Pisa na fulô, pisa na fulô ... ... ...
Sô Serafim cochichava com Diõ
Sou capaz de jurar
Que nunca vi forró melhor
Inté vovó
Garrou na mão de vovô
Vambora meu veinho
Pisa na fulô.

Pisa na fulô, pisa na fulô ... ...
De madrugada Zeca Caxangá
Disse ao dono da casa:
"Não precisa me pagar.
Mas por favor,
Arranje outro tocador
Que eu também quero
Pisá na fulô".


João do Vale

quinta-feira, 24 de junho de 2010

"Guarda-me como a menina dos Teus olhos, esconda-me à sombra das Tuas asas." Salmos 17:8



"É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão. O importante é aproveitar o momento e aprender sua duração, pois a vida está nos olhos de quem saber ver." (Gabriel Garcia Marquez) 

 

 

 

Timidez



Há muito tempo que te quero
Espero por você
Dizer que estou apaixonada
Mas fico calada, o que vou fazer?
Quando estou pensando nele
Esqueço quem sou
Um dia vou criar coragem
Timidez é bobagem, bonito é o amor
Vivo a sonhar com você
Eu quero ser feliz
Estar em teus braços, beijinhos e abraços
Contigo eu faço o que eu sempre quis
Meu coração é amor,
Desejo e paixão
Sonho acordado e apaixonado
Criou coragem pra falar de amor...

quarta-feira, 23 de junho de 2010




Pode milhões e milhões de quilômetros nos separar
Sei que ele acaba voltando vem logo me procurar
Mesmo que fique com outras tentando me esquecer
Sei que ele acaba voltando, ligando querendo me ver
 O nosso amor é como tatuagem
Está em nós grudado e colado
E bem mais forte está no coração
Não adianta tentar fugir melhor admitir
É a mim que você ama
Não adianta me esquecer pois eu nasci pra você
E é a mim que teu coração chama


Mastruz com Leite







Já vem montado em seu alazão
Chapéu de couro, laço na mão
Seu belo charme me faz cantar
No rosto um grande lutador
Que trabalha com calor
Com toda dedicação...
Oh! meu Vaqueiro, meu Peão
Conquistou meu coração
Na pista da paixão
E valeu o boi...
Eu estou sempre ode ele está
Forró, vaquejada qualquer lugar
Eu vou seguindo o meu Peão
Seus braços fortes, sua cor
Vaqueiro eu quero o teu calor
Em seus braços quero estar...

terça-feira, 22 de junho de 2010






Te perdôo
Por fazeres mil perguntas
Que em vidas que andam juntas
Ninguém faz
Te perdôo
Por pedires perdão
Por me amares demais
Te perdôo
Te perdôo por ligares
Pra todos os lugares
De onde eu vim
Te perdôo
Por ergueres a mão
Por bateres em mim
Te perdôo
Quando anseio pelo instante de sair
E rodar exuberante
E me perder de ti
Te perdôo
Por quereres me ver
Aprendendo a mentir (te mentir, te mentir)
Te perdôo
Por contares minhas horas
Nas minhas demoras por aí
Te perdôo
Te perdôo porque choras
Quando eu choro de rir
Te perdôo
Por te trair


Chico Buarque



Todos temos um pássaro de fogo que canta em nossa alma e, insatisfeito, canta ao ouvido da pessoa amada. Sobre a alma, viaja nas asas do coração e sempre, inevitavelmente, pousa no olhar de outrem.
Razões? Mais que temos! Nossa busca desenfreada clama é pelo sentido e sentimento mais profundos e para os quais dispensamos redundantemente explicações e justificativas. A busca pelo amor verdadeiro....

segunda-feira, 21 de junho de 2010






A Verdade (Carlos Drummond de Andrade)







A porta da verdade estava aberta,
Mas só deixava passar
Meia pessoa de cada vez.
Assim não era possível atingir toda a verdade,
Porque a meia pessoa que entrava
Só trazia o perfil de meia verdade,
E a sua segunda metade
Voltava igualmente com meios perfis
E os meios perfis não coincidiam verdade...
Arrebentaram a porta.
Derrubaram a porta,
Chegaram ao lugar luminoso
Onde a verdade esplendia seus fogos.
Era dividida em metades
Diferentes uma da outra.
Chegou-se a discutir qual
a metade mais bela.
Nenhuma das duas era totalmente bela
E carecia optar.
Cada um optou conforme
Seu capricho,
sua ilusão,
sua miopia.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

 

 

 

Joga Fora



Frases sem sentido são jogadas
Olhares distantes dão em nada
Nada pode encobrir o que
Você significa em mim
As cartas estão embaralhadas
Emoções a beira de uma estrada
E nada pode censurar o que
Você significa aqui
Às vezes não entendo o teu querer
Às vezes eu preciso me esconder
Do que sinto eu não minto, apenas grito e o meu grito...
Às vezes não consigo me encontrar
Às vezes não entendo o teu olhar
Jogo fora, vou embora, nessa hora sei que quero mais você
Sei que é difícil a gente querer perdoar
Como podemos abrir mão de amar?
Joga fora, "vamo embora", nessa hora o que importa é viver
Sei que é difícil a gente querer consertar
O que fazer quando se quer voltar?
Joga fora, "vamo embora", nessa hora o que importa é viver

quinta-feira, 17 de junho de 2010






Não quero sugar todo seu leite

Nem quero você enfeite do meu ser
Apenas te peço que respeite
O meu louco querer
Não importa com quem você se deite
Que você se deleite seja com quem for
Apenas te peço que aceite
O meu estranho amor
Ah! Mainha deixa o ciúme chegar
Deixa o ciúme passar e sigamos juntos
Ah! Neguinha deixa eu gostar de você
Prá lá do meu coração não me diga
Nunca não
Teu corpo combina com meu jeito
Nós dois fomos feitos muito pra nós dois
Não valem dramáticos efeitos
Mas o que está depois
Não vamos fuçar nossos defeitos
Cravar sobre o peito as unhas do rancor
Lutemos mas só pelo direito
Ao nosso estranho amor







Tudo era apenas uma brincadeira

E foi crescendo, crescendo, me absorvendo
E de repente eu me vi assim completamente seu
Vi a minha força amarrada no seu passo
Vi que sem você não tem caminho,
eu não me acho
Vi um grande amor gritar dentro de mim como
eu sonhei um dia
Quando o meu mundo era mais mundo
E todo mundo admitia
Uma mudança muito estranha
Mais pureza, mais carinho mais calma,
mais alegria
No meu jeito de me dar
Quando a canção se fez mais clara e mais sentida
Quando a poesia realmente fez folia em minha vida
Você veio me falar dessa paixão inesperada
Por outra pessoa
Mas não tem revolta não
Eu só quero que você se encontre
Ter saudade até que é bom
É melhor que caminhar vazio
A esperança é um dom
Que eu tenho em mim
Eu tenho sim
Não tem desespero não
Você me ensinou milhões de coisas
Tenho um sonho em minhas mãos
Amanhã será um novo dia
Certamente eu vou ser mais feliz



segunda-feira, 14 de junho de 2010

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 43“Vós ouvis­tes o que foi dito: ‘Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo! 44Eu, porém, vos digo: Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem!’ 45Assim, vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o sol sobre maus e bons, e faz cair a chuva sobre os justos e injustos.



46Porque, se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa? 47E se saudais somente os vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? 48Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito”.





Aquele que ama espera (Rm 8,25)
O DEUS DO IMPOSSÍVEL NOS FAZ PREVALECER


Quantas vezes nos sentimos desamparados, desprotegidos, incompreendidos, sozinhos ….







“Tu bem sabes, Senhor! Lembra-te de mim, olha por mim, vinga-me dos que me perseguem. Que eu não seja vítima de tua impaciência, toma conhecimento dos insultos que por tua causa venho suportando” (Jeremias 15,15)







Essa foi a oração de Jeremias ao Senhor. O profeta Jeremias gritou ao senhor no momento de dor, de sofrimento, de fraqueza e de perseguição. E precisamos ter essa coragem de gritar ao Senhor como Jeremias o fez. Muitas vezes achamos que o Senhor não vai escutar porque Ele tem coisas maiores para se preocupar, ou que estamos o incomodando, ou ainda, o que estamos vivendo é muito pequeno e depois passa. Mas, eu digo a você, incomode o Senhor Jesus, Ele quer ser incomodado por você! Porque para Deus, você, é o mais importante e mais precioso.
Fale para Deus aquilo que você está sentindo, aquilo que você esta vivendo, abra-se com Deus. Ele é a melhor pessoa para você gritar e te compreender. As vezes partilhar com as pessoas não é o melhor. Muitas vezes as pessoas não vão conseguir entender e acolher da forma que você precisa. Deus é a pessoa certa para te ouvir, com ele você pode gritar, como o Senhor você não precisa ter medo de ser verdadeiro, achando que não vai ser entendido. Com o Senhor você pode ser transparente por mais boba que seja a sua dificuldade. Se lance aos pés do Senhor. “Senhor, Tu sabes de tudo, olha para mim”. E o Senhor nos coloca em seu coração. Precisamos rezar, orar ao Senhor com a nossa verdade, não se mascare ao Senhor com palavras de louvor como se estivesse tudo bem com você, mas apresente ao Senhor a verdade do seu coração. E é ai meu irmão e minha irmã que Deus vem em nosso socorro, assim como Ele saiu atrás daquela ovelha que tinha se perdido deixando as outras noventa e nove, Deus vem ao seu encontro, ao seu socorro. Se você está sofrendo é ai que Deus está. Deus está com você, não perca tempo, grite ao Senhor sua dor.
Tem uma música que diz assim: Quando tudo diz que não, sua voz me encoraja a perseguir. Quando tudo diz que não e parece que o mar não vai se abrir . Sei que não estou só e o que dizem sobre mim não pode se frustrar. Venha em meu favor e cumpra em mim teu querer. O Deus do impossível não desistiu de mim!
O Deus do impossível não desiste de mim, não desiste de você! E também não quer que você desista, porque Ele luta por você! A sua destra te sustentará e te faz prevalecer.
Estou unida ao seu coração e a sua oração!





Texto  de Leila Lima



Comunidade Católica Canção Nova








Dificil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que se mais ama.



Eu desisti. Mas não pense que foi por não ter coragem de lutar, e sim por não ter mais condições de sofrer






Bob Marley





















Toca Senhor, toca Senhor,com Teu Amor, com Teu Amor

Tira todo o medo, angustia e aflição,
Toca nesta alma e cura o coração
Toca Senhor, toca Senhor, com Teu Amor, com Teu Amor,
Cura da doença, que faz o irmão sofrer,
Toca neste corpo Jesus com teu poder
Toca Senhor, toca Senhor com Teu Amor, com Teu Amor
Tira toda a mágoa, que faz alguém chorar
Tira todo o ódio, ensina a perdoar
Toca Senhor, toca Senhor, com Teu Amor, com Teu Amor
Cura o pecado e lava com perdão
Faz das nossas pedras, um novo coração!
Toca Senhor, toca Senhor, com Teu Amor, com Teu Amor
Toca nossos lábios e o nosso interior
Vamos te louvar, Jesus, com muito amor
Toca Senhor, toca Senhor, Com Teu Amor, com Teu Amor
Toca Senhor, toca Senhor, com Teu Amor, com Teu Amor




















Vamos Jesus passear, na minha vida

Quero voltar aos lugares em que fiquei só
Quero voltar lá contigo, vendo que estavas comigo
Quero sentir teu amor, a me embalar
Cura Senhor, onde dói
Cura Senhor, bem aqui
Cura Senhor, onde eu não posso ir
Quando a lembrança me faz, adormecer
Sabes que a espada da dor entra eu meu ser
Tu me carregas nos braços, leva-me com teu abraço
Sinto minha alma chorar, junto de Ti
Cura Senhor, onde dói
Cura Senhor, bem aqui
Cura Senhor, onde eu não posso ir
Tantas lembranças eu quero, esquecer
Deixa um vazio em minha alma e em meu viver
Toma Senhor meu espaço, te entrego todo o cansaço
Quero acordar com tua paz a me aquecer
Cura Senhor, onde dói
Cura Senhor, bem aqui
Cura Senhor, onde eu não posso ir

sábado, 12 de junho de 2010




"Sonhos não morrem, apenas adormecem na alma da gente."







Chico Xavier





DA PRIMEIRA VEZ ELA CHOROU....





...mas resolveu ficar.
É que os momentos felizes tinham deixado raízes no seu penar.
Depois perdeu a esperança, porque o perdão também cansa de perdoar.




Toquinho e Vinícius de Moraes




Caso Encerrado





Quanto tempo, não sei dizer
Tanta magoa, não sei contar
So me lembro da solidão que passei
Quando vi meu castelo desmoronar
Muito embora eu esteja
Com saudades de um beijo
Minha vida e melhor assim
Esperando o momento
De viver novamente
O amor que restou em mim
Você disse que não
Volaria jamais
E pra não esquecer
Seu perdão
Hoje eu tenho razões pra duvidar
Das promessas que você faz
Pra não ser enganado
Trago o peito fechado
Quero apenas viver em paz
Nosso amor e passado
Logo e caso encerrado
E não da pra voltar atras




Paulinho Da Viola Toquinho




"eu só preciso desfocar do sonho que me deixa míope e enxergar além."



Amar dói tanto que você fica humilde e olha de verdade para o mundo, mas ao mesmo tempo fica gigante e sente a dor da humanidade inteira. Amar dói tanto que não dói mais, como toda dor que de tão insuportável produz anestesia própria..."







Tati Bernardi

(...) Eu nunca vou entender porque a gente continua voltando pra casa querendo ser de alguém, ainda que a gente esteja um ao lado do outro. Eu nunca vou entender porque você é exatamente o que eu quero, eu sou exatamente o que você quer, mas as nossas exatidões não funcionam numa conta de mais...

Mas aí, daqui uns dias.... você vai me ligar. Querendo tomar aquele café de sempre, querendo me esconder como sempre, querendo me amar só enquanto você pode vulgarizar esse amor. Me querendo no escuro. E eu vou topar. Não porque seja uma idiota, não me dê valor ou não tenha nada melhor pra fazer. Apenas porque você me lembra o mistério da vida. Simplesmente porque é assim que a gente faz com a nossa própria existência: não entendemos nada, mas continuamos insistindo."






Tati Bernardi



Você não sabe o que é amor nem tão pouco paixão

Se soubesse de verdade não maltratava meu coração
Parece beija flor que vai de boca em boca por ai
E suga todo meu amor e quando enjoa põe um fim
Agora não estou mais disposto a te dar meu mel
Procure logo um novo alguem pra te levar pro céu
Você seguiu outros caminhos eu fiquei chorando aqui
A sua vida de aventuras você vai seguir
Voa beija flor, vai dar seu calor pra quem não te conhece
Sai da minha vida, busque um outro amor você não me merece
Voa beija flor você não vai mais sugar do meu amor
Vai sentir o amargo de outras bocas lembrando o meu sabor


E daí se eu quiser farrear (...)sair pra namorar

O que é que tem?
Foi você quem falou que a paixão acabou
Que eu me lembre eu não sou de ninguém
E daí que você me deixou mais um dia passou e o mundo não parou
“tô” aqui
Confesso fraquejei muito tempo chorei
Só Deus sabe o quanto eu sofri
Mas não fui me humilhar te pedir pra voltar
O que você “ta” fazendo aqui?
Se ainda não me quer então sai do meu pé eu faço o que eu quiser

sexta-feira, 11 de junho de 2010








Eu vejo a vida

Melhor no futuro
Eu vejo isso
Por cima de um muro
De hipocrisia
Que insiste
Em nos rodear...
Eu vejo a vida
Mais clara e farta
Repleta de toda
Satisfação
Que se tem direito
Do firmamento ao chão...
Eu quero crer
No amor numa boa
Que isso valha
Pra qualquer pessoa
Que realizar, a força
Que tem uma paixão...
Eu vejo um novo
Começo de era
De gente fina
Elegante e sincera
Com habilidade
Pra dizer mais sim
Do que não, não, não...
Hoje o tempo voa amor
Escorre pelas mãos
Mesmo sem se sentir
Não há tempo
Que volte amor
Vamos viver tudo
Que há pra viver
Vamos nos permitir...

quinta-feira, 10 de junho de 2010



Gosto muito de te ver, leãozinho

Caminhando sob o sol
Gosto muito de você, leãozinho
Para desentristecer, leãozinho
O meu coração tão só
Basta eu encontrar você no caminho
Um filhote de leão raio da manhã;
Arrastando o meu olhar como um ímã...
O meu coração é o sol, pai de toda cor;
Quando ele lhe doura a pele ao léu...
Gosto de te ver ao sol, leãozinho
De te ver entrar no mar
Tua pele, tua luz, tua juba
Gosto de ficar ao sol, leãozinho
De molhar minha juba
De estar perto de você e entrar no mar


Se eu soubesse o que fazer pra tirar você da minha cabeça

Um lado diz que quer ficar com você o outro diz esqueça
Se eu soubesse o que fazer pra tirar você da minha cabeça
Um lado diz que quer ficar com você o outro diz esqueça
Mas acontece que o meu coração não é de papel
A chuva molha e as palavras se apagam
A minha mente gira feito um carrossel
Tentando buscar a saída
Pra tirar você da minha vida
Tentativas em vão tentar tirar você do coração
Igual querer viver sem respirar
É como querer apagar a chama de um vulcão



Olha eu aí viajando no seu sentimento

Dentro do seu coração
Olha eu aí de repente no seu pensamento
Andando em sua direção

Um brilho no olhar
Da paixão que bateu
E já era tempo
De deixar acontecer, valer o seu desejo e o meu
A gente à vezes deixa de amar por não ouvir o coração falar
Por orgulho, vaidade ou sei lá o quê
Não vale a pena sentir solidão
Se eu posso dizer sim pra que vou dizer não
Meu amor foi feito na medida pra você
É só me deixar provar e amar
Você vai ver
Olha eu aí
Olha eu aí
Olha eu aí
Olha eu aí

quarta-feira, 9 de junho de 2010





A inteligência sem amor, te faz prepotente.

A justiça sem amor, te faz implacável.
A diplomacia sem amor, te faz hipócrita.
O êxito sem amor, te faz arrogante.
A riqueza sem amor, te faz avaro.
A docilidade sem amor, te faz servil.
A pobreza sem amor, te faz orgulhoso.
A beleza sem amor, te faz fútil.
A autoridade sem amor, te faz tirano.
O trabalho sem amor, te faz escravo.
A simplicidade sem amor, te deprecia.
A oração sem amor, te faz introvertido e sem propósito.
A lei sem amor, te escraviza.
A política sem amor, te deixa egoísta.
A fé sem amor, te deixa fanático.
A cruz sem amor se converte em tortura.
A vida sem amor...
... não tem sentido!

Amar é uma decisão, não um sentimento; amar é dedicação e entrega.

Amar é um verbo e o fruto dessa ação é o amor.
O amor é um substantivo, um exercício de jardinagem: arranque o que faz mal, prepare o terreno, semeie, seja paciente, regue e cuide.
Esteja preparado porque haverá pragas, secas ou excessos de chuvas mas nem por isso, abandone o seu jardim.


Isso é tudo. Ame, simplesmente ame!"


terça-feira, 8 de junho de 2010



Não sei demonstrar  interesse, sou péssima com as palavras, pior com as atitudes.Um pouco grossa,não por falta de sensibilidade....são tantas coisas...mas tenha certeza, tento acertar mesmo errando....





"Amar é a eterna inocência,
E a única inocência não pensar... "

Alberto Caeiro, em "O Guardador de Rebanhos", 8-3-1914





Eu queria trazer-te uns versos muito lindos

colhidos no mais íntimo de mim...
Suas palavras
seriam as mais simples do mundo,
porém não sei que luz as iluminaria
que terias de fechar teus olhos para as ouvir...
Sim! Uma luz que viria de dentro delas,
como essa que acende inesperadas cores
nas lanternas chinesas de papel!
Trago-te palavras, apenas... e que estão escritas
do lado de fora do papel... Não sei, eu nunca soube o que dizer-te
e este poema vai morrendo, ardente e puro, ao vento
da Poesia...
como
uma pobre lanterna que incendiou!


Eu queria trazer-te uns versos muito lindos_Mario Quintana














A vida tem duas faces:

Positiva e negativa
O passado foi duro
mas deixou o seu legado
Saber viver é a grande sabedoria
Que eu possa dignificar
Minha condição de mulher,
Aceitar suas limitações
E me fazer pedra de segurança
dos valores que vão desmoronando.
Nasci em tempos rudes
Aceitei contradições
lutas e pedras
como lições de vida
e delas me sirvo
Aprendi a viver.

Assim eu vejo a vida_Cora Coralina





Procure um homem que te chame de linda em vez de gostosa;

Procure um homem que te ligue de volta quando você desligar na cara dele;
Procure um homem que te dê um beijo na testa antes de dormir, pois isso significa: respeito;
Procure um homem que permaneça acordado só pra observar você dormindo;
Procure um homem que te acorde sussurando em teu ouvido: “EU TE AMO”;
Procure um homem que queira te mostrar para o mundo, mesmo quando você esta de mau humor;
Procure um homem que segure sua mão na frente dos amigos dele;
Procure um homem que te ache a mulher mais linda do mundo mesmo sem maquiagem;
Procure um homem que te lembre constantemente o quanto ele se preocupa com você;
Procure um homem que diga o quanto é importante ter você na vida dele;
Enfim, procure um homem pelo o que ele é e, não pelo que ele tem.

segunda-feira, 7 de junho de 2010







Todas as cartas de amor são

Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.





(Todas as palavras esdrúxulas,

Como os sentimentos esdrúxulos,

São naturalmente

Ridículas.)

Fernando Pessoa


Tão pequena sou eu Senhor, diante dos teus olhos, tão grande é o teu poder na minha vida.Segura sempre a minha mão e me conduz  ao melhor caminho apesar das minhas faltas.Quero entender tantas coisas e você Senhor é o  meu refúgio, meu abrigo, meu porto seguro, meu alimento.O consolo das minhas aflições.Sabes de tudo aquilo que se passa em meu coração...portanto não temerei!!!!!!




"águas passadas  não movem moinhos.."
Temos um jardim secreto em nosso coração, no qual só entra quem nós permitimos e dentro dele há um lugar mais secreto ainda no qual só Deus consegue adentrar. Esses locais são os sagrados de nosso coração.


PS:Obrigada  viu  !!;*






Meu Recado

Aqui deixo o meu recado:
Somente por amor
Refazemos o coração despedaçado
Acometido pela “insuportável” dor


Fernando Marques

sexta-feira, 4 de junho de 2010






Vontade louca – louca vontade







Vontade de beijar
Essa tua boca
E te amar
De forma louca






Emaranhar-me nos teus cabelos
Fazer tua pele se arrepiar
Levantando todos os teus pêlos
Até te fazer ao céu viajar






E depois desse ritual
Trazer-te pro meu peito
Pois depois desse ato conjugal
Já nos abraça o nosso leito






Fernando Marques








"A hora mais escura da noite é justamente aquela que nos permite ver melhor as estrelas". (Charles A. Beard)

"Odeio o modo como fala comigo e como responde ao que eu falo...

Odeio o modo como você anda;
Odeio suas roupas largas;
E como consegue ler minha mente...
Eu odeio tanto isso em você que ate me sinto doente;
Eu odeio como esta sempre certo...
E odeio quando você mente;
Eu odeio quando me faz rir muito;
E mais quando me faz chorar;
Eu odeio quando você não esta por perto e o fato de não me ligar;

Mas eu odeio, principalmente, não conseguir te odiar.
Nem um pouco. Nem mesmo por um segundo!
Nem mesmo só por odiar..."
À instabilidade das coisas no Mundo







Nasce o sol, e não dura mais que um dia
Depois da luz se segue a noite escura
Em tristes sonhos morre a formosura,
Em contínuas tristezas a alegria.

Porém se acaba o sol, por que nascia?
Se é tão formosa a luz, por que não dura?
Como a beleza assim se transfigura?
Como o gosto da pena assim se fia?
Mas no sol e na luz falte a firmeza
Na formosura não se dê constância
E na alegria sinta-se tristeza.

Começa o mundo enfim pela ignorância
E tem qualquer dos bens por natureza
E firmeza somente na inconstância.

Gregório de Matos



Um pouco autista e egoísta, mas também solidária. Risonha, humorada,sarcástica, debochada só um pouco. Arteira, criança, mulher,  professora. Uma antítese ambulante. Observadora, desconfiada, realista, cruel às vezes. Sou morena , ex -loira(apenas  uma  fase..rs), porém sempre Morena.

Muito  Prazer,me  chamo  FERNANDA!!






Uma jovem mariposa de corpo frágil e alma sensível voava ao sabor do vento certa tarde, quando viu uma estrêla muito brilhante e se apaixonou. Voltou imediatamente para casa, louca para contar à mãe que havia descoberto o que era o amor, mas a mãe lhe disse friamente:



- Que bobagem! as estrêlas não foram feitas para que as mariposas possam voar em torno delas. Procure um poste ou um abajur e se apaixone por algo assim; para isso nós fomos criadas.


Decepcionada, a mariposa resolveu simplesmente ignorar o comentário da mãe e permitiu-se ficar de novo alegre com a sua descoberta e pensava:


"Que maravilha poder sonhar!"


Na noite seguinte, a estrêla continuava no mesmo lugar, e ela decidiu que iria subir até o céu, voar em torno daquela luz radiante e demonstrar seu amor. Foi muito difícil ir além da altura com a qual estava acostumada, mas conseguiu subir alguns metros acima do seu vôo normal.


Entendeu que, se cada dia progredisse um pouquinho, iria terminar chegando à estrêla, então armou-se de paciência e começou a tentar vencer a distância que a separava de seu amor.


Esperava com ansiedade que a noite descesse e, quando via os primeiros raios da estrêla, batia ansiosamente suas asas em direção ao firmamento.


Sua mãe ficava cada vez mais furiosa e dizia:


- Estou muito decepcionada com a minha filha! todas as suas irmãs e primas já têm lindas queimaduras nas asas, provocadas por lâmpada!


Você devia deixar de lado esses sonhos inúteis e arranjar um amor que possa atingir.


A jovem mariposa, irritada porque ninguém respeitava o que sentia, resolveu sair de casa. Mas, no fundo - como, aliás, sempre acontece - ficou marcada pelas palavras da mãe e achou que ela tinha razão.


Por algum tempo, tentou esquecer a estrêla, mas seu coração não conseguia esquecer a estrêla e, depois de ver que a vida sem o seu verdadeiro amor não tinha sentido, resolveu retomar sua caminhada em direção ao céu.


Noite após noite, tentava voar o mais alto possível, mas, quando a manhã chegava, estava com o corpo gelado e a alma mergulhada na tristeza. Entretanto, à medida que ia ficando mais velha, passou a prestar atenção a tudo que via à sua volta.


Lá do alto podia enxergar as cidades cheias de luzes, onde provavelmente suas primas e irmãs já tinham encontrado um amor, mas, ao ver as montanhas, os oceanos e as nuvens que mudavam de forma a cada minuto, a mariposa começou a amar cada vez mais sua estrêla, porque era ela quem a empurrava para ver um mundo tão rico e tão lindo.


Muito tempo depois resolveu voltar à sua casa e aí soube pelos vizinhos que sua mãe, suas irmãs e primas tinham morrido queimadas nas lâmpadas e nas chamas das velas, destruídas pelo amor que julgavam fácil.


A mariposa, embora jamais tenha conseguido chegar à sua estrêla, viveu muitos anos ainda, descobrindo que, às vezes, os amores difíceis e impossíveis trazem muito mais alegrias e benefícios que aqueles amores fáceis e que estão ao alcance de nossas mãos.










Com esta fábula aprendemos duas coisas:


Valorizar o amor... E lutar pelos nossos sonhos, porque sabemos que é a realização deles que nos faz feliz...


E lembremos "o mundo está nas mãos daqueles que têm coragem de sonhar, e correr o risco de viver seus sonhos"
Lixo, Ela é um Lixo

Me trocou por isso,
Sou mais eu, fica com ela
Você é um lixo
Me trocou por isso, eu não acredito
Fica com ela e vê se esquece o meu telefone
Vê se some, esquece o meu nome
A escolha foi sua, vê se some
E apaga o meu telefone
Acho, que é um pouco tarde
Para de bobagem
Você não deve mais nenhuma explicação
Larga do meu pé, não sou sua mulher
E se depender de mim não volto nunca mais
Porque, tomei nojo de você
Não quero mais te ver
Vai correr atrás daquele lixo [lixo]
Aquilo é um lixo
Pensando bem ela combina com você